Notícias Sobre Ações

14
out

Lucro Maior

Desde o dia 23 de agosto, os acionistas do Banco do Brasil começaram a receber R$ 628 milhões a título de remuneração. O rendimento é relativo a juros sobre capital próprio relativos ao lucro apurado no primeiro semestre de 2005. Esse valor é 39,6% ao montante pago no primeiro semestre de 2004.

14
out

Atenção Acionista

Pagamento de juros sobre Capital Próprio

 

O Banco do Brasil comunicou aos acionistas que está fazendo o pagamento de juros sobre o Capital Próprio desde 28/02/2005. O valor bruto (sem dedução de IR) é de R$0,28193 por ação. Os pagamentos serão feitos através de crédito em conta corrente ou diretamente no próprio caixa.

O acionista que não estiver com o cadastro em dia terá sua remuneração retida até a regularização do mesmo. A atualização cadastral poderá ser feita em qualquer agência do BB onde o acionista comparecer munido de CPF/comprovante de residência se pessoa física e estatuto/contrato social e prova de representação se pessoa jurídica. Para maiores informações, o acionista deverá dirigir-se a uma agência do Banco ou utilizar o BB responde através do telefone: 0800 785678.

13
out

Bônus C

BB antecipa data de subscrição dos Bônus “C”

 

Nova data

Os detentores dos Bônus “C” do Banco do Brasil devem ficar atentos às modificações promovidas pela instituição nas datas de subscrição dos mesmos. A AGE de 23/10/2007 aprovou a antecipação do exercício do direito de subscrever ações decorrentes desses bônus e estabeleceu diversas condições. Entre elas, a proporção do desdobramento das ações. Em junho de 2007 houve o desdobramento das ações do Banco do Brasil na proporção 1:3, sendo o fator de conversão dos bônus C ajustado na mesma proporção. Isso significa que cada bônus, que daria direito a subscrever 1,043933 ação, passou a dar o direito de subscrever 3,131799 ações. O preço do exercício: R$ 8,50 por bônus de subscrição, corrigido pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), da Fundação Getulio Vargas, de 17/06/1996, ate a data do protocolo do pedido de exercício do direito de subscrição. A titulo de ilustração, o BB informa que em 01/10/2007, o preço de exercício atualizado alcançava R$ 23,36, por bônus. O período para o exercício do direito antecipado: 01/11/2007 a 30/11/2007. O prazo para detentores de bônus custodiados em bolsas de valores encerrar-se-á em 28/11/2007. Esta antecipação não invalida o prazo anteriormente previsto que é de 31/03/2011 ate 30/06/2011. As informações completas estão disponíveis no site do Banco do Brasil em Relações com Investidores. Para acessar clique aqui.

Remuneração disponível

Os acionistas do Banco do Brasil vão receber R$ 0,03898374455 de remuneração por ação a título de dividendos. Além disso, conforme anunciado anteriormente, o Conselho Diretor, reunido em 19.06.2007, aprovou o valor de R$ 330.829.548,31 a título de remuneração aos acionistas sob a forma de Juros sobre o Capital Próprio (JCP), o que representa R$ 0,13361725640 por ação. Assim, cada ação será remunerada com um total de R$ 0,17260100095. Os pagamentos serão efetuados a partir de 28/08/2007 através de crédito em conta corrente ou poupança, e ainda através de caixa. O pagamento será atualizado pela Taxa Selic, da data do balanço (30.06.2007) até a data do efetivo pagamento. O BB se disponibiliza para esclarecer qualquer dúvida em qualquer uma de suas agências ou através dos telefones: 4004 0001 (Capitais e Regiões Metropolitanas) ou 0800 729 0001 (demais localidades). Para ler a íntegra do comunicado do BB clique aqui.

Rendimentos

O conselho diretor do Banco do Brasil aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio relativo ao segundo trimestre de 2007. O valor aprovado foi de R$ 330,8 milhões, que equivale a R$ 0,13361725640 por ação. Esse pagamento representa um dividend-yield (*) de 0,48% pela cotação de fechamento de 20 de junho de 2007. Terão direito de receber os valores referentes ao JCP os investidores com posição acionária no fechamento do pregão do dia 21 de junho de 2007. O provento será pago no dia 28 de agosto deste ano. A informação é do site InfoMoney.
(*) Dividend-yield : Indicador que compara o peso dos dividendos atribuídos com o valor da cotação de cada acção e representa a percentagem de investimento recuperado num período através dos dividendos. A conta é feita da seguinte maneira: Dividendo por ação x 100/Valor da cotação.